Whoosh está a testar
a tecnologia de deteção de viagens a dois na mesma trotinete
10 de novembro de 2022
Whoosh elaborou e está a testar os algoritmos que permitem, ao analisar os dados da trotinete, detetar quando duas pessoas andam na mesma trotinete. Estas viagens a dois são pouco seguras, dado que assim é muito fácil perder o equilíbrio. Os casos mais preocupantes são aqueles em que o passageiro é um menor.
Whoosh, por sua conta, elabora todas as soluções técnicas para o serviço de micromobilidade, o que permite dirigir uma trotinete ligada a uma plataforma própria de sharing, assim como recolher grandes volumes de informação graças aos sensores instalados nas trotinetes. O conjunto destes dados e o algoritmo especial de análise permitem determinar quantas pessoas estão a andar numa trotinete concreta, e tomar as medidas necessárias. Esta tecnologia é bastante mais complexa do que uma simples medição do peso da pessoa que dirige o scooter e leva em conta diversos parâmetros relativos ao estado da trotinete e à viagem.

A elaboração deste algoritmo levou mais de um ano, e neste momento está a ser testado em várias dezenas de trotinetes. Se os testes forem bem-sucedidos, a tecnologia será implementada em todos os scooters da empresa.
Uma das questões mais complicadas é perceber que a trotinete de verdade está a ser utilizada por mais de uma pessoa e determinar como podemos agir neste caso. Aplicar uma multa de forma automática ou parar a trotinete em andamento não é uma boa opção, e menos na primeira etapa. O mais provável é reduzirmos a velocidade do scooter, mandarmos uma notificação e explicarmos ao utilizador porque não é bom fazer isso. No caso da reincidência, teremos de emitir multas ou mesmo bloquear a conta: a segurança está acima de tudo.
— diretor em comunicações da Whoosh

Por enquanto é difícil dizer qual é o volume real deste tipo de viagens, mas nas próximas semanas já poderemos ver se as violações da regra em questão estão a ser massivas.

Pelas regras do serviço é estritamente proibido andar de trotinete a dois. No entanto, alguns utilizadores incumprem esta regra e até podem ser multados por isso. Nas trotinetes há um rótulo que avisa o utilizador sobre esta proibição, e além disso esta regra é explicada nas instruções que aparecem após a instalação da aplicação. O perigo das viagens a dois na mesma trotinete é especificado em detalhe na escola de condução organizada pela Whoosh. Assim, na página web ou na aplicação, de forma gratuita, pode-se estudar ou repassar as regras que é preciso cumprir para que as viagens sejam seguras e éticas. Por consultar esta seção também se pode obter um código promocional que dará um desconto para as viagens.
A tecnologia de deteção de viagens a dois faz parte do projeto analítico da Whoosh, no qual também serão implementadas as tecnologias de deteção de viagens realizadas por menores, do estilo de condução e a avaliação da qualidade da pavimentação.
Ao continuar a utilizar o nosso website, o utilizador consente o processamento de cookies. Recolhemos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de utilizador.
OK